CAME do Brasil amplia portfólio de soluções em controle de acesso

Nova linha é voltada para controle de acesso de veículos

A CAME do Brasil anunciou que está aumentando seu portfólio de soluções para controle de acesso, através de uma parceria com uma multinacional italiana.

Entre os lançamentos, estão bloqueadores de vagas, barreiras portáteis, direcionadores de via e cilindros verticais. Como um dos destaques, está o dilacerador de pneus embutido ou de lombada. O produto foi desenvolvido para bloquear o acesso de veículos não autorizados a locais considerados de alto risco ou de segurança máxima, como centrais de banco, áreas de fronteiras, presídios, áreas militares e pátios de carga/descarga de mercadorias em aeroportos, por exemplo. A Ponte Internacional da Amizade (localizada em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná) conta com este tipo de solução desde 2013.

“A ideia é aproveitar a expertise das duas organizações, propiciando ao canal de integradores mais produtos para a solução dos projetos especificados pelos clientes finais”, informou o presidente da CAME do Brasil, Marco Antônio Barbosa. 

A comercialização destes novos itens está programada para iniciar neste mês de novembro.

origem: http://www.revistadigitalsecurity.com.br/2015-11-came-do-brasil-amplia-portfolio-de-solucoes-em-controle-de-acesso-20554

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’  

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.