App baixado mais de 1 bilhão de vezes tem falha que deixa invadir celular

O aplicativo de compartilhamento de arquivos SHAREit apresentou falhas que podem deixar celulares vulneráveis à invasão de hackers. A descoberta foi feita pelo site TrendMicro, que revelou que os bugs podem ser usados para vazar dados das vítimas e facilitar a utilização de códigos maliciosos. O SHAREit alcançou mais de 1 bilhão de downloads na loja do Google e foi um dos aplicativos mais baixados do mundo em 2019, além de figurar frequentemente listas de apps mais populares do ano passado.

Sobre o SHAREit

SHAREit está disponível para Android e iPhone, mas falhas foram encontradas somente na versão do sistema do Google

O SHAREit é um aplicativo que permite compartilhar arquivos entre celulares, ao mesmo estilo do AirDrop, existente em iPhones (iOS). Nesta quarta-feira (17), o app continua disponível para download na Play Store e na App Store. Na loja da Apple, inclusive, ele figura como o 41º aplicativo mais popular no segmento de Produtividade, disponível para iPhones, iPads e iPods Touch.

Descoberta das vulnerabilidades

Segundo os pesquisadores do TrendMicro, as vulnerabilidades foram descobertas há três meses e os desenvolvedores do app foram informados na mesma época, apesar de não terem fornecido respostas até então. A última atualização do programa na Google Play Store tem data de 9 de fevereiro de 2021, mas o upgrade não fornece patch de segurança relacionado aos bugs. O Google também já foi informado das falhas.

No ano passado, o SHAREit esteve listado algumas vezes entre os aplicativos mais baixados do mundo em rankings mensais criados pela consultoria mobile SensorTower. Em março, por exemplo, ele foi o sétimo app mais instalado em celulares Android, ficando à frente do Snapchat e Netflix. A última aparição do aplicativo no ranking foi no mês de maio.

Por enquanto, a recomendação é evitar o uso do programa até que uma atualização de segurança seja liberada. Como alternativas ao SHAREit, existem aplicativos como o Files do Google que também permitem transferir arquivos entre celulares facilmente. Para se proteger de ataques, os pesquisadores também orientam manter o sistema do celular sempre atualizado.

João Marcelo

joao.marcelo@guiadocftv.com.br

GuiadoCFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.