Lei obriga monitoramento em câmeras nas escolas públicas de Campina Grande

Além do monitoramento interno das unidades educacionais, a lei também prevê que a rua de acesso principal seja filmada, onde se localiza a frente do prédio

Além do monitoramento interno das unidades educacionais, a lei também prevê que a rua de acesso principal seja filmada, onde se localiza a frente do prédio.

De acordo com a lei, a instalação do equipamento levará em consideração a área da escola, o número de alunos e funcionários existentes na unidade, além de suas características e dimensões, respeitando as regras exigidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Cada unidade escolar terá, no mínimo, duas câmeras de segurança com recurso de gravação, que registrem permanentemente.

A lei também prevê a instalação de uma central de monitoramento e acompanhamento permanente na Guarda Municipal, com interligação para Polícia Militar e Polícia Civil.

Um projeto piloto deve ser testado prioritariamente nas unidades educacionais onde foram constatados o maior número de casos de violência, assaltos e arrombamentos.

Origem: Portal Correio

João Marcelo

joao.marcelo@guiadocftv.com.br

GuiadoCFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.