Aplicativo integrado com a polícia prevê 250 câmeras em pontos de Dourados

Expectativa é de redução de até 80% de furtos na área central de Dourados

Com 1,8 mil furtos de janeiro a setembro, a cidade de Dourados vai contar com ajuda da tecnologia para combater a criminalidade. Trata-se do sistema de monitoramento “Cidadão Integrado”, que prevê a instalação de 250 câmeras de monitoramento no centro e bairros por meio da adesão dos participantes. Desenvolvido pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande, a expectativa é de redução de até 80% dos crimes, segundo Denison Zubieta, diretor de produtos da entidade.
Conforme ele, a redução de crimes é drástica em pontos que contam com o sistema de monitoramento em Campo Grande, onde o projeto teve início. “Na Santa Casa o número de furtos passou de 76 para 6 após a implantação do Sistema. De modo geral, a polícia tem conseguido identificar as quadrilhas e reprimir esse tipo de crime”, destaca.
Zubieta também explica que se a população aderir ao sistema, o projeto prevê a instalação de pelo menos 30 câmeras sociais para serem implantadas em pontos estratégicos indicados pela Polícia, a exemplo do que acontece na Capital. Ele explica que para adquirir o sistema o usuário pagará por um valor “menor do que um guarda de rua”.
A implantação do sistema em Dourados aconteceu na última segunda-feira (11) por meio de uma parceria entre a CDL e a Secretaria de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul. Já no primeiro dia de funcionamento, o sistema recebeu a adesão de cinco comerciantes, mas a expectativa é de que passem de 200 instalações em Dourados até junho do ano que vem.
Para o comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar de Dourados, Carlos Silva, se a população aderir ao projeto, será um divisor de águas na segurança pública e a expectativa é de redução de pelo menos 50% nos furtos de veículos e 30% nos furtos a residência. Ele explica ainda que graças ao convênio firmado com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública, as câmeras que já estão instaladas na área central de Dourados também estarão incluídas no projeto para receberem atualizações e manutenções. Para ele a utilização do videomonitoramento fará com que a Polícia possa localizar o criminoso de forma ainda mais ágil, já que será possível fazer rondas virtuais com as câmeras ao redor do crime ocorrido. Além disso, a população poderá acionar uma das viaturas mais próximas, bem como ajudará na coleta de provas.
O sistema denominado “Cidadão Integrado” está em pleno funcionamento na capital do Estado e tem ajudado os órgãos de segurança pública de Campo Grande a reduzirem índices criminais e na elucidação de crimes cometidos nas áreas onde o sistema já está funcionando.
A iniciativa já teve excelentes resultados na cidade de São Paulo/SP e também em Nova Iorque/ EUA, tendo norteado os idealizadores do projeto a buscarem parceria com as instituições de segurança pública que compõem a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública do MS, tanto na prevenção quanto no pós-crime.
A sistemática é bastante simples e propõe criar links on-line de câmeras de vigilâncias já existentes, tanto as públicas quanto particulares,  ou ainda a instalação de câmeras IP em pontos estratégicos da cidade, repassando essa imagens através desse link diretamente as unidades de segurança pública, ajudando na identificação de criminosos e trajeto de veículos, bem como na elucidação total do crimes com a utilização das imagens geradas pelas câmeras.
As imagens são recebidas em tempo real através de tablets instalados em viaturas operacionais e ainda em um local específico nas unidades de polícia. Com a ajuda do Cidadão Integrados algumas áreas de Campo Grande tiveram reduções nos índices criminais e em alguns casos específicos os índices foram zerados. O usuário que cede o link de suas câmera também poderá acompanhá-las em tempo real através de um aplicativo para celular, tendo as imagens arquivadas em nuvem por até 7 dias.

Origem: Progresso

Sirlei Madruga de Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Guia do CFTV

 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

 

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

 

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.