Câmeras IP sustentam crescimento da Anixter Brasil

No último ano a Anixter Brasil acumulou um crescimento de 30% com as vendas de câmeras de vídeo de segurança com tecnologia IP.

Uma taxa que, segundo projeções da companhia, será mantida em 2008. Para suportar essa expansão, a empresa reestruturou a equipe responsável pela unidade de negócios e criou uma gerência regional para a América Latina, além de estar em busca de mais canais de distribuição.

O faturamento, segundo a Anixter, está atrelado ao fato de que a segurança eletrônica é hoje uma das principais preocupações tanto do mercado doméstico, quanto corporativo. O que tem impulsionado as empresas a investirem em soluções de CFTV – Circuito Fechado de Televisão – que ajudam a prevenir e monitorar ambientes.

Ricardo Santos, gerente de vendas da Anixter Brasil, comenta que mesmo com o crescimento de câmeras de segurança IP ainda há muito o que fazer. “É necessário mudar a cultura dos usuários, fazendo-os entender que câmera de vídeo apenas transforma a luz (natural, artificial ou infravermelha) em sinal elétrico, analógico ou digital, enquanto a câmera de rede é uma unidade inteligente, de maior valor agregado, constituída por uma câmera e um computador que captura e transmite imagens digitais ao vivo por meio de uma rede IP e ainda pode agregar sistemas de análise de conteúdo na própria câmera, sendo assim mais fácil de ser gerenciada”, explica.

Origem: http://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=10579&sid=24

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários, de suas sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.