Câmeras no centro da cidade permitiram oito prisões

Na primeira semana de funcionamento, as novas câmeras de segurança instaladas pela Prefeitura no Centro registraram 14 ocorrências, que resultaram na detenção de 8 pessoas envolvidas com consumo ou tráfico de drogas. As 22 novas câmeras foram entregues pelo prefeito Beto Richa no dia 29 último, quando também foi inaugurado o Centro Integrado de Monitoramento Eletrônico de Curitiba – Cimec, na praça Osório, ampliado e modernizado.

No dia 28, houve três prisões; no dia 1 de abril, mais cinco. “As câmeras melhoraram as condições de segurança da área central. Com isso, tranqüilizamos a população e incentivamos as pessoas a voltar a freqüentar o Centro”, diz o secretário municipal da Defesa Social, Itamar dos Santos.

A Guarda Municipal e a Polícia Militar detiveram pessoas na praça Tiradentes, na praça Garibaldi e na rua São Francisco. O sistema também flagrou atos de vandalismo em equipamentos públicos, brigas e tentativas de furto. As 22 novas câmeras, instaladas em ruas e praça do Centro e no Setor Histórico, somam-se às 14 que já existiam na rua XV, também monitoradas pelo Cimec. Em breve, o parque Barigüi terá seis câmeras de segurança.

O monitoramento é feito, 24 horas por dia, por equipes treinadas e compostas por três guardas municipais, dois policiais militares e um fiscal da Secretaria Municipal de Urbanismo. As ocorrências detectadas pelas imagens são comunicadas por rádio para acionar guardas e policiais militares que estejam perto do local. As câmeras de vídeo são interligadas por uma rede de fibra ótica, nas marquises dos edifícios.

Cada câmera tem como principal característica a possibilidade de fazer movimentos giratórios (360º na horizontal e vertical) e de captar imagens mesmo durante à noite, com o recurso “night and day” (noite e dia), sem necessidade de iluminação especial. Elas têm ainda dispositivo de zoom de 28 vezes (recurso usado para aproximar a imagem), com exceção na esquina das ruas Marechal Floriano e Deodoro, que tem zoom de 36 vezes. As câmeras são importadas da Alemanha.

São equipamentos próprios para filmar pedestres, já que podem captar detalhes, como objetos que as pessoas estejam carregando, com uma velocidade muito rápida. As câmeras também ajudam a vigiar entradas e saídas de estabelecimentos comerciais e permitem acompanhar longos trajetos de pessoas suspeitas em todo o perímetro de cobertura, o que traz maior tranqüilidade aos comerciantes.

“A sensação já é de mais segurança. Além da presença física dos guardas na região, esse monitoramento feito pelo sistema de câmeras ajuda muito”, diz o presidente da Associação dos Comerciantes da Rua Riachuelo, Chaim Jaber. Para a comerciante Geni Antunes, da Visual Cosméticos, este é um reforço importante para a segurança de comerciantes e população.

O Centro Integrado de Monitoramento Eletrônico está equipado com 8 estações de trabalho, computadores com monitores de 19 polegadas, dois rádios VHF de comunicação e cinco televisores de LCD de 42 polegadas. As imagens gravadas são armazenadas em um HD principal durante 30 dias, depois vão para um HD específico, onde serão armazenadas (DVD e CD) e arquivadas na ordem seqüencial. O Cimec foi readequado e modernizado, em substituição à antiga unidade que existia ali até o início do ano. O centro fica ao lado do chafariz e também contribui para reforço do policiamento na área da praça Osório.

Origem: http://jornale.com.br

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários, de suas sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.