Rio de Janeiro inaugura 1º Sindicato das Empresas de Sistemas

O Rio de Janeiro, que ao lado dos demais estados do Sudeste reúne 60% das empresas de segurança eletrônica do País, acaba de inaugurar o SIESE/RJ, o primeiro sindicato do setor na região.

Diante de um mercado que só em 2007 movimentou cerca de US$ 1,2 bilhão e apresentou expressivo crescimento de 15%, torna-se imprescindível ampliar a organização e o fortalecimento das empresas atuantes. Na capital carioca elas já somam cerca de 80 companhias legalizadas.

Para a diretora da nova entidade, Simone Almeida, “o número de empresas legais poderia ser maior se tivéssemos qualificação e profissionais capacitados para atuar no segmento. Para isto, é preciso destacar também a necessidade de combater a clandestinidade das companhias existentes no nosso Estado, para que os empresários cariocas não percam espaço para outras regiões do País”, aponta.

Nos últimos nove anos, o setor nacional de segurança eletrônica atingiu, em média, um crescimento anual de 13% ao reunir oito mil empresas atuantes, gerando cerca de 100 mil empregos diretos e mais de um bilhão de postos indiretos. Com esta demanda, a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (ABESE), com a intenção de segmentar a categoria, vem apoiando a criação de sindicatos que representem oficialmente o setor.

Hoje, além da ABESE que coordena o trabalho reunindo 450 empresas, o SIESE surge com o papel fundamental de manter todas as empresas associadas dentro de uma linha de atuação, ou seja, com as mesmas ações nos diferentes estados do País. Nos últimos anos já foram constituídos treze sindicatos (SIESE) pelo Brasil, sendo dois deles (SIESE Paraná e SIESE São Paulo) reconhecidos pelo Ministério do Trabalho.

Com isto, uma das prioridades do SIESE/RJ é trazer ao Rio de Janeiro o Centro de Capacitação Profissional ABESE – CCPA. “O principal objetivo é levar a qualificação profissional para técnicos, profissionais de vendas e engenheiros que trabalham ou que pretendem atuar no segmento de sistemas de alarmes e CFTV. Hoje, já temos a informação que aproximadamente 155 pessoas estão interessadas em participar dos cursos e palestras promovidas pela ABESE. Para isto, iremos reunir e centralizar estas ações no SIESE/RJ e fomentar novas parcerias com as empresas da região”, conta Simone Almeida, que há seis anos atua nesse mercado.

De acordo com a presidente da ABESE, Selma Migliori, a proposta da entidade é orientar e conduzir os empresários deste segmento. “Os SIESES têm como função representar a legitimidade da categoria, podendo realizar convenções coletivas de trabalho, representar o setor perante entidades governamentais e, principalmente, mobilizar os empresários do Estado para que, juntos, desenvolvam melhorias para o setor. Os SIESES têm a atuação regional e o compromisso da ABESE é estar sempre presente em todo Brasil”, conclui a presidente.

Veja mais em: www.abese.org.br

Origem: Portal Segs

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários, de suas sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.