Plastrom Sensormatic apresenta novos produtos

Mini Speed Dome, Post Checkout II e Controle Eletrônico de Fluxo de Clientes são as novidades que a Plastrom Sensormatic, especializada em soluções de segurança eletrônica para o mercado corporativo, irá mostrar na APAS 2008.

A APAS 2008 é a maior feira do setor de varejo da América Latina, que acontece entre os dias 26 e 29 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo. A Mini Speed Dome é uma câmera pequena e leve, destinada ao varejista de menor porte. Ela gira 360º, possibiltando o monitoramento de grande parte da loja, além de contar com um zoom de 10x, que permite ao operador monitorar uma mesma cena, com todos os detalhes. A Mini Speed Dome também pode ser utilizada em locais com pouca iluminação, pois apresenta elevada sensibilidade luminosa. Seu principal diferencial é o custo, que chega a ser 60% mais barato do que o valor pago pela Speed Dome Ultra.

E para os varejistas que não desejam gastar com seguranças na porta de suas lojas, a Plastrom Sensormatic oferece o Post Checkout II, uma antena transceptora instalada no checkout, que faz a comunicação com a etiqueta instalada na mercadoria, evitando o furto. As vantagens consistem na possibilidade de diminuição de funcionários na área de vigilância, já que há qualquer disparo do alarme, o mesmo pode ser verificado imediatamente pelo próprio operador de caixa. Além disso, qualquer problema ou mal-entendido pode ser resolvido rapidamente, reduzindo o risco de possíveis situações constrangedoras para o cliente. O Post Checkout II tem ainda a garantia da tecnologia Ultra*Max, que oferece alto desempenho e é imune a alarmes falsos. Paralelamente, é um produto simples, de fácil instalação, que proporciona maior flexibilidade de aplicações e redução de custos de manutenção.

Para completar as novidades, há o Controle Eletrônico de Fluxo de Clientes, uma solução da Virtual Gate, que será distribuída em todo o Brasil pela Plastrom Sensormatic. Esta solução é composta por um sistema de digitalização de imagem, que conta os clientes entrando e saindo das lojas, hora a hora, disponibilizando os dados em ambiente web de simples navegação. Ao cruzar estas informações com as vendas e o ticket médio, é possível saber a taxa de conversão e então, avaliar as oportunidades que podem ser trabalhadas dentro da loja.

Origem: O Debate

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

[code]
Importante:
‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.'[/code]

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.