Maceió inicia piloto de monitoramento eletrônico com câmeras

Um
sistema composto por duas câmeras instaladas em Ponta Verde e no Centro
da cidade de Maceió (AL), conectadas a uma central de gerenciamento de
imagens de última geração é a nova arma da polícia alagoana para
prevenir, combater o crime e ainda dar suporte a eventos relacionados à
defesa civil como incêndios, enchentes e acidentes de forma geral.

A empresa Eyes nWhere foi responsável pela instalação do sistema e
integração das câmeras ao software de monitoramento, que começa a
operar em sua fase piloto durante o mês de agosto. O objetivo desta
primeira fase é demonstrar o funcionamento da tecnologia; avaliar os
recursos disponíveis no sistema e, por último, treinar a equipe que
fará a operação em sua fase definitiva.

Foram utilizadas câmeras dos modelos AXIS 232 D+ e AXIS 233D, da
fabricante sueca Axis Communications. "A escolha foi feita tendo como
base critérios rígidos de qualidade estabelecidos pela Secretaria de
Segurança Pública de Alagoas, além dos equipamentos apresentarem um
excelente custo benefício", afirma de Lucca.

Dentre os principais destaques das câmeras da Axis estão a geração
de imagens em alta definição, independentemente das condições de
luminosidade. As câmeras possuem filtros infravermelhos que permitem a
gravação também noturna. Os dois modelos permitem o giro de 360° para
visão completa do ambiente e zoom de até 216 vezes, no caso da 232D+ e
420 vezes no caso da 233D. As câmeras Axis também são equipadas com uma
cúpula protetora, resistente a vandalismo, variadas condições
climáticas e desgaste do tempo.

As imagens geradas são gerenciadas por meio do software APOLO, da
própria Eyes nWhere. Ele apresenta oito módulos diferentes, que
permitem o monitoramento e gravação do vídeo IP. "O operador pode
visualizar várias telas ao mesmo tempo, além de pré-configurar alertas
para locais que exigem maior atenção. Caso o sistema detecte qualquer
movimento suspeito na área ou aglomeração de pessoas, automaticamente a
imagem daquele local é aberta em uma janela ou aparece em alerta num
ícone na tela", exemplifica de Lucca.

O software mostra também no quadro sinótico o mapa da cidade, com o
posicionamento exato de cada equipamento. "Basta o operador clicar num
determinado ícone de câmera para obter a imagem em tempo real daquele
local", destaca o executivo da Eyes nWhere.

A gravação das imagens pode ficar armazenada pelo tempo de for
necessário, bastando para isso que seja instalado equipamento com
capacidade de armazenamento adequada.

* Fonte: Assessoria de Imprensa da Eyes nWhere.

Origem: Convergência Digital

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.