Extreme: 05 medidas para tempos de crise

A Extreme Networks, especialista em redes convergentes abertas, iniciou
a divulgação de um documento propondo cinco medidas técnicas para
reduzir os custos com redes corporativas por parte de grandes usuários
e desenvolvedores de redes.

Segundo a empresa, a desaceleração econômica deverá redundar em racionamento de recursos, com exíguas equipes de TI sendo cobradas em função da máxima produtividade, enquanto as novas aquisições de recursos técnicos na área serão, no mínimo, questionadas ou drasticamente reduzidas.

“Os gerentes de TI estão sob pressão para ampliar cada vez mais os serviços e funcionalidades das redes. Entretanto, os recursos para a aquisição de novos equipamentos ou implementações são cada vez mais restritos e nossa intenção é oferecer uma espécie de roteiro básico para o enfrentamento deste cenário”, afirma Leonardo Bon, diretor da Extreme Networks para o Brasil e América do Sul.

Com o título “Fazendo Mais com Menos, Cinco Maneiras de Reduzir os Gastos com a Rede”, o documento da Extreme Networks aponta como saídas a automação de tarefas, o uso de segurança integrada, a adoção de soluções wireless onde isto for eficiente, o uso racional de energia elétrica em redes e nos datacenters e, como última medida, a redução de camadas, com o uso de arquitetura “Two Tier” (de apenas dois níveis).

Redes Automatizadas
Na análise da Extreme Networks, tarefas de demanda intensa de força de trabalho, como é o caso da configuração e manutenção de redes convergentes, podem ser automatizadas, liberando um tempo valioso dos administradores.

Segundo o documento, a automação, através da inteligência de software, pode ajudar as empresas a lidar com uma população crescente de telefones e dispositivos que se conectam às bordas da rede. Ao mesmo tempo, a automação operacional pode auxiliar nas trocas, adições e mudanças nestes dispositivos. “Em uma rede convergente a automação garante o nível mais avançado de Qualidade de Serviço, assegurando a instantânea detecção de pontos finais de aparelhos IP”, comenta Leonardo Bon.

“Através da automação, os administradores podem programar o desligamento compulsório de telefones IP, câmeras e pontos de acesso WLAN à noite, nos fins de semana ou durante os feriados, para reduzir significativamente o consumo de energia dos dispositivos”, continua o executivo.

Segurança Integrada
Ainda para Extreme Networks, as organizações devem procurar um modelo de rede capaz de fornecer funções de segurança integrada, que ofereça mais controle sobre os usuários e sobre os dispositivos. Ao contrário dos appliances de segurança do passado, que agiam separadamente, os softwares de segurança built-in permitem que a rede participe da função de segurança através de detecção de eventos em nível de rede e executando a política de segurança em toda a rede nas suas múltiplas entidades. “As soluções de redes devem realizar uma autenticação consistente dos dispositivos com ou sem fio”, avalia o diretor da empresa.

Wireless como Opção
A mobilidade, afirma a Extreme Networks, pode aumentar a produtividade e a satisfação do cliente. Aplicações wireless de missão crítica vêm avançando em hospitais e em ambientes de negócio dos mais distintos, como nos setores varejista, fabril e de distribuição, além de instituições de ensino, salas de conferência e escritórios. O fornecedor de rede deve responder ao desafio de entregar redes de borda com eficiência através do modelo wireless, que garante instalação fácil e sem os custos do cabeamento. Essas soluções são projetadas para remover a complexidade de detalhes do wireless, como as excentricidades da Radiofrequência (RF), qualidade de serviço wireless (QoS) e segurança.

Redução do Consumo Elétrico
Os switches de núcleo Ethernet servem como fundação para alta velocidade de dados, aplicativos com uso intensivo de banda larga, agregação de servidores e convergência. Operando em uma base 24×7, um switch adequado correto pode sustentar iniciativas “Verdes” e garantir economia de custos através do seu baixo consumo de energia. Isso pode diminuir os custos anuais, promovendo simultaneamente um ambiente mais verde com redução das marcas de carbono impressas pela empresa.

"As empresas que buscam soluções de TI Verde para o backbone da rede LAN, para a porção de agregação e para “server farms” devem revisar os testes recentes que relatam o consumo de energia elétrica dos switches sob várias condições de tráfego”, afirma Leonardo Bon..

Redes com Menos Camadas
A Extreme Networks encerra o documento defendendo que o conceito de uma arquitetura de rede “two-tier” casa-se perfeitamente com o desejo das organizações de TI, de simplificar a infraestrutura e reduzir os custos. A arquitetura two-tier diminui o custo total de propriedade de rede, tanto em termos de capital como em despesas operacionais. Com a derrubada de camadas de rede, a organização de TI passa a necessitar de menos produtos para o funcionamento da rede. Isto significa redução dos custos de capital, de implementação e de treinamento.

“A arquitetura two-tier representa uma simplificação dos modelos anteriores, mas sem comprometer a qualidade de conexão ou disponibilidade de rede.”, assinala o diretor.

Assim como o nome indica, a arquitetura two-tier é um colapso de camadas dentro do núcleo e nas bordas inteligentes de uma rede escalável. Além disso, menos produtos também significam menor gerenciamento e maior facilidade de gestão de operações (por exemplo, upgrades de softwares e localização de falhas) contribuindo para reduzir os custos das operações de rede.

 

Origem: Baguete

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.