Monitoramento em Jaraguá do Sul

Jaraguá do Sul – Em 60 dias deverá entrar em operação o sistema
de monitoramento por vídeo de pelo menos 20 pontos da cidade. A
garantia foi dada pelo secretário de Segurança Pública e Defesa do
Cidadão, Ronaldo Benedet, que esteve em Jaraguá do Sul, no dia 10,
entregando simbolicamente os equipamentos.

A parceria entre o Estado, a Associação Empresarial e a Prefeitura
resultou na instalação do sistema considerado atualmente um dos mais
modernos em se tratando de vigilância eletrônica. “Cada câmera destas
equivale a quatro policiais militares a mais nas ruas”, comenta o
secretário de Estado. Ele acredita que as câmeras inibem em até 80% as
ações criminais.

O sistema instalado em Jaraguá do Sul permite expandir o número de
câmeras para 48 unidades. Benedet acrescenta que a partir da
instalação, abre-se a possibilidade de surgir parcerias com empresas
privadas. “As empresas podem instalar câmeras e contratar a Polícia
Militar para fazer o monitoramento lá da central de emergência, pagando
para isso 66 UFIRs mensais”, explica. O investimento na compra das
câmeras foi de R$ 490 mil.

Batalhão terá nova central de emergência

Na sede do 14º Batalhão de Polícia Militar já estão bem
adiantadas as instalações da nova central de emergência. Em uma sala,
foram instaladas as ilhas de monitoramento, onde poderão ficar até oito
policiais acompanhando a movimentação na cidade através das câmeras de
vídeo. As imagens serão transmitidas para seis televisores de 42
polegadas, já fixados na parede. De lá, eles poderão acionar as
viaturas no momento de uma ocorrência e repassar informações sobre o
deslocamento de veículos e pessoas.
Para a instalação da central, estão sendo investidos R$ 340 mil.
O novo Copom (Centro de Operações da Policia Militar), segundo o
secretário de Segurança Pública, Ronaldo Benedet, vai unificar as
linhas telefônicas dos serviços emergenciais, como Samu e Polícia.
De acordo com Benedet, brevemente as imagens serão
disponibilizadas via internet para a Prefeitura de Jaraguá do Sul, para
que os técnicos em trânsito possam fazer o acompanhamento da
movimentação.

Locais de instalação estão definidos

Jaraguá do Sul – Desde o ano passado, a Policia
Militar possui um mapeamento das regiões que devem abrigar as câmeras
de vídeo para o monitoramento. Elas serão afixadas nos postes. Algumas
câmeras, eventualmente, poderão ser removidas para áreas onde a
criminalidade aumentar ou mesmo para locais onde aconteçam eventos,
feiras e shows para ampliar a cobertura policial temporária.

Os locais pré-definidos para a instalação das câmeras são: Avenida
Waldemar Grubba (rotatória acesso ao João Pessoa); BR-280 (região do
Posto Marcolla); Rua Epitácio Pessoa (perto do Colégio Jangada);
esquina das ruas Epitácio Pessoa e Marechal Floriano Peixoto (perto do
Bradesco); esquina das ruas Epitácio Pessoa e Bernardo Grubba; esquina
das ruas Jorge Czerniewicz e Marechal Floriano Peixoto (região do Hotel
Etalan); Rua Getúlio Vargas (no início, em frente ao mercado Angeloni e
outra nas proximidades do terminal rodoviário); esquina das ruas
Getúlio Vargas e Estheria Lenzi Friedrich.

E ainda: esquina da Marechal Deodoro e Gumercindo da Silva Porto;
Rua Marechal Deodoro da Fonseca (no final do calçadão); esquina da rua
Marechal Deodoro com a Domingos da Nova; esquina das ruas Reinoldo Rau
e Barão do Rio Branco; esquina das ruas Reinoldo Rau e Domingos da Nova
(perto da Rádio Studio FM); Rua Quintino Bocaiúva (nas proximidades da
Praça Ângelo Piazera); esquina das ruas Coronel Procópio Gomes de
Oliveira e Reinoldo Rau; esquina da Walter Marquardt com a Domingos
Olívio Brugnago (cruzamento da Dpaschoal); esquina da José Theodoro
Ribeiro (cruzamento do posto Pérola da Figueira) e Rua Ângelo Rubini
(rótula da Malwee).

 

Origem: http://www.jdv.com.br


Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.