Flagrante de CFTV pela Internet leva a prisão.

Americana vê pela Internet sua casa ser roubada e chama a polícia.

Flórida (EUA) – A americana Jeanne Thomas estava sentada em sua mesa de
trabalho em Fort Lauderdale, na Flórida, quando decidiu verificar a
segurança de sua casa em Boynton Beach, a 320 km dali. Depois de um
assalto, a americana instalou uma câmera em casa para que pudesse
acompanhar em tempo real pela Internet o que acontecia durante sua
ausência. Pela rede, ficou surpresa ao ver um rapaz na sala e chamou a
polícia. “Estou vendo minha casa e há um homem negro lá, e ele está
prestes a roubá-la”, disse ela ao policial.

TV O Dia: Veja as imagens do flagra

A polícia foi ao local e prendeu Curtis Williams, 20 anos, e Steven
Morales, 19, e mais dois suspeitos. Segundo a polícia, eles entraram na
casa pela pequena portinha dos cachorros.

Pela Internet, Jeanne viu um dos assaltantes comendo queijo ralado na
geladeira e pegando pertences, como TV e videogame. Nenhum deles
reparou a pequena câmera que se assemelha à saída do sistema de
ventilação. Segundo ela, o marido achou que havia jogado fora os 250
dólares pagos pelo sistema e que jamais pegaria alguém.

 

Origem: O Dia

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.