Conselho Tutelar devolve bebê sequestrado à família

SÃO PAULO – O Conselho Tutelar devolveu à família nesta tarde a
recém-nascida sequestrada no Capão Redondo, zona sul de São Paulo.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o bebê teria sido sequestrado por Beatriz Mota Magalhães, de 18 anos, que está foragida. Ontem à noite o bebê foi deixado numa delegacia da zona sul pela mãe da sequestradora, que reconheceu sua filha com o bebê nas imagens gravadas por câmeras de segurança de uma farmácia, divulgadas pela imprensa. Ainda segundo a polícia, a mãe de Beatriz contou que a filha estava grávida e perdeu o bebê recentemente. A mãe da criança faz parte de uma das famílias despejadas da Favela Olga Benário, no Capão Redondo, na última segunda-feira.

De acordo com o delegado, Iraí Santos de Paula, responsável pelo caso, o inquérito já foi instaurado para apurar os fatos. A SSP informou que, como a autoria do crime já foi estabelecida, agora é preciso localizar a acusada para indiciá-la. Se isso não ocorrer no prazo legal de 30 dias, ela pode ser indiciada sem ser localizada. A acusada pode responder por sequestro e cárcere privado, cujas penas variam entre dois e cinco anos de prisão.

 

Origem: http://www.estadao.com.br/

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.