Apple torna obsoleto o primeiro MacBook com Retina Display

Apple torna obsoleto o primeiro MacBook com Retina Display

Oito anos após seu lançamento, o primeiro MacBook a chegar ao mercado com Retina Display estás sendo considerado obsoleto pela Apple. Isso significa que, a partir de agora, o produto não será mais aceito em assistências oficiais da empresa para a realização de reparos ou substituição de peças, com os usuários que ainda utilizam o produto tendo de procurar técnicos independentes ou realizarem os consertos pelas próprias mãos.

O computador já havia sido descontinuado pela Apple em fevereiro de 2013, cerca de oito meses após seu lançamento original, deixando de ser fabricado em prol dos modelos seguintes do notebook. O produto continuou recebendo suporte oficial, entretanto, até 2018, quando foi considerado oficialmente “vintage” pela Maçã, uma classificação que indica produtos antigos que até podem receber reparos pelas mãos oficiais, mas os centros da empresa não tinham mais a obrigação de receber os equipamentos devido à falta de peças, ferramentas ou conhecimento para fazer o conserto.

É uma classificação que vale, hoje, por exemplo, para o iPhone 4 e seu sucessores 4S e 5. Apesar de lançados entre 2010 e 2012, ou seja, há ainda mais tempo que o MacBook com Retina Display, eles ainda são aceitos devido à sua popularidade, na época do lançamento, e à ampla base de usuários. Da mesma forma, porém, as assistências podem recusar o serviço com base na falta de componentes ou outros aspectos.

No campo do hardware, o equipamento contava com um processador Intel Core i7 de 2,3 GHz e arquitetura Ivy Bridge de 22 nm, ao lado de 8 GB de RAM, uma placa de vídeo Nvidia GeForce GT 650M 1 GB e 256 GB de memória flash. Ao ser analisado por dentro, o MacBook recebeu críticas devido à sua dificuldade em ser consertado mesmo por centros especializados da Apple, principalmente devido ao fato de a memória RAM ser soldada na placa-mãe, impedindo upgrades posteriores e dificultando eventuais trocas.

 

origem: Canaltech

 Sirlei Madruga de Oliveira

 Editora do Guia do CFTV

 sirlei@guiadocftv.com.br

 


Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.