Nobreaks asseguram a proteção e operação contínua de Data Centers

Dada a crescente demanda por estruturas capazes de sustentar o avanço da digitalização, os Data Centers continuam a executar uma função cada vez mais importante no armazenamento de dados das grandes corporações, recebendo investimentos crescentes. De acordo com recente pesquisa do Gartner, os gastos mundiais com infraestrutura de Data Center devem chegar a 200 bilhões de dólares ainda em 2021, o que representa um aumento de 6% em relação ao número esperado para este ano.

De acordo com o CEO da TS Shara, esse mercado tem se mostrado tão promissor que nos últimos anos a empresa vem priorizando o desenvolvimento de produtos específicos para o segmento. “Os nobreaks online de dupla conversão são os mais indicados para trabalhar nesses ambientes de missão crítica. Isso porque eles impedem que as imperfeições da rede elétrica alcancem ou prejudiquem os equipamentos alimentados pelo Nobreak, tais como: desvios na frequência, sub ou sobretensões ou mesmo a ausência da rede elétrica alcancem os equipamentos alimentados”, explica.

A linha mais recente lançada pela fabricante é a TS Syal, disponível na potência de 5.000VA, sendo ideal para empresas de grande porte que planejam investir em tecnologia de ponta para proteger seus centros de dados. O equipamento possui dupla conversão, que garante maior rapidez e eficiência aos nobreaks, além de contar com 16 baterias internas de 7Ah, que asseguram longos tempos de autonomia e recarga.

Outro destaque é o software de comunicação inteligente de gerenciamento, que informa e gera um histórico dos eventos e medidas realizadas pelo equipamento, além de permitir a execução de testes e desligamentos programados por meio do próprio nobreak ou de um computador, com salvamento automático de arquivos e informações. Além disso, o TS Syal ainda apresenta a tecnologia Universal, que possibilita que o usuário escolha a voltagem que o equipamento terá nas tomadas de saída (115 ou 220V), desde que seja selecionada esta tensão em sua chave seletora manual.

“A busca por soluções convergentes e inovadoras de gerenciamento, que permitam ações preditivas e preventivas e total compatibilidade com a gestão integrada do datacenter, já é uma tendência nesse mercado. Isso significa que o sistema UPS precisa ser capaz de monitorar as grandezas elétricas, como temperatura e umidade, com informações instantâneas e registros históricos, permitindo obter o status da operação e a avaliação de logs de eventos”, finaliza Al Shara.

origem: http://www.capitalinformacao.com.br/

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

 sirlei@guiadocftv.com.br

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.