Na volta às aulas, novas tecnologias ajudam a evitar contaminação nas escolas

Um estudo realizado pela Apeoesp, pelo Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB) e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) mostrou que a infraestrutura das escolas estaduais de São Paulo não permite o estabelecimento dos protocolos de segurança mínima para que se reduza o risco de contágio da covid-19.

Uma solução para se combater isso é o uso de novas tecnologias fáceis de serem instaladas e que não demandam muito esforço de estrutura.

A Came do Brasil – empresa de origem italiana com mais de 40 anos no mercado e líder mundial em produtos para automação de acesso – lançou uma linha de produtos que atendem às necessidades de distanciamento social nas escolas: a Catraca Avir 800, o Totem de álcool gel com termômetro e o Thermo Scanner.

Na volta às aulas, novas tecnologias ajudam a evitar contaminação nas escolas

A Catraca Avir 800 pode vir equipada com uma câmera térmica como acessório para medir a temperatura e com um compartilhamento para a higienização das mãos. Caso a temperatura corporal da pessoa esteja alta ou ela não faça a higienização das mãos, o sistema não autoriza a sua passagem.

O Totem de álcool gel com termômetro é o produto que, além de eliminar o vírus das mãos, vem com um termômetro que faz o controle da temperatura corporal e, caso alguém esteja com a temperatura elevada, a escola pode tomar as providências necessárias.

Já o Thermo Scanner é capaz de aferir a temperatura a partir do reconhecimento facial 3D com precisão de 99%. A passagem só é liberada, caso a pessoa esteja com a temperatura dentro do desejado e esteja cadastrada no sistema. A tecnologia faz o reconhecimento facial mesmo se a pessoa estiver de máscara.

“Em tempos difíceis como esse, buscamos criar soluções que tragam benefícios para as pessoas a partir de tecnologias que facilitem a vida delas. No ambiente escolar, com a retomada das aulas, é essencial controlar a entrada dos alunos e medir a temperatura de quem entra na escola. Os três novos produtos evitam o contato físico e, consequentemente, diminuem os riscos de contaminação”, explicou Marco Barbosa, diretor da Came do Brasil.

origem: Revista Segurança Eletrônica

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

sirlei@guiadocftv.com.br

 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.