Em Alagoas Governo Investe em Segurança

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) aprovou na última semana sete dos 13 projetos encaminhados para o ano de 2008 pela Intendência Geral do Sistema Penitenciário (Igesp) ao Ministério da Justiça, visando melhorias para o Sistema Penitenciário. Com o anúncio, o Estado passa a ter o maior investimento do Governo Federal dos últimos 15 anos.

Segundo dados do Depen, o estado de Alagoas recebeu recursos federais para investimento no Sistema Penitenciário na ordem de R$ 11 milhões entre os anos de 1994 a 2007. Em 2008 – com a aprovação dos sete projetos e a execução de mais seis pendentes de 2007 -, Alagoas vai receber recursos na ordem de R$ 16 milhões, com projetos de melhorias que vão desde a implantação de Circuito Fechado de Televisão em todas unidades do Estado, até a construção de um presídio com 430 vagas para jovens de 18 a 24 anos.

Para o intendente penitenciário, tenente-coronel Luiz Bugarin, o investimento previsto para chegar ainda no primeiro semestre desse ano é o início de uma transformação que começou a ser construída em 2007. “Estamos otimistas com este início de mudança. Foram anos sem investimentos no sistema prisional e agora estamos começando a colher os frutos plantados”, ressaltou Bugarin.

Em 2007, oito dos 16 projetos encaminhados foram aprovados pelo Depen. Entre os aprovados, apenas dois tiveram os recursos liberados e executados ainda no ano passado devido demora no encaminhamento da verba. Este ano, os seis projetos pendentes de realização já tiveram os recursos liberados e estão em fase de licitação, como é o caso do Projeto de Capacitação em Informática Básica, Avançada e Manutenção, curso que será ministrado para reeducandos, com início dos trabalhos previstos para acontecer no próximo mês.

Os projetos aprovados na relação de 2007 são: Aquisição de Ambulâncias; Ouvidoria Penitenciária; Defensoria Pública; Centro Cultural e Ecumênico no Presídio Feminino Santa Luzia; Penitenciária masculina para presos para faixa etária de 18 a 24 anos; e os projetos “Fazendo a Arte” (de artesanato) e “Mãos Que Florescem” (floricultura e jardinagem), estes dois últimos em funcionamento no Sistema Penitenciário.

Já os projetos para 2008, o Ministério aprovou na semana passada sete dos 13 encaminhados pela Igesp. São eles: Aquisição de viaturas de transporte de preso; Equipamentos de Segurança e Inteligência; Equipamentos de Proteção Individual para agentes penitenciários; Praxiterapia para reeducandos do Manicômio Judiciário; Capacitação de Agentes Penitenciários; Aparelhamento do Hospital de Custódia; e Aquisição de Equipamento de Circuito Fechado de Televisão (CFTV).

De acordo com o diretor do Depen, Maurício Kuehne, todos os sete projetos foram aprovados e esperam apenas a votação do orçamento da União para que o recurso seja encaminhado a Alagoas e dê início ao processo de implantação.

“Sabemos que precisamos fazer cada vez mais, porém, é o começo de um novo no Sistema Penitenciário, recursos foram conseguidos com esforços mútuos e serão implantados nas unidades. Por isso vejo uma fase de renascimento e esperança, é um novo modelo que começa a ser efetivamente implantado para que num futuro próximo possa ser mudado o conceito de Sistema Penitenciário em Alagoas”, ressaltou o intendente.

Origem: Alagoas 24 Horas

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários, de suas sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.