Especialistas debatem uso de câmeras em vias públicas

Especialistas debatem uso de câmeras em vias públicas no combate à criminalidade, durante FEISEC 2007, dia 14 de novembro, em Recife (PE).

Melhorar a articulação do aparato policial; inibir a ação de ladrões e outros criminosos, bem como a ocorrência de pequenos crimes, como furtos e roubos; facilitar a identificação dos infratores com registro visual. Estas são algumas das vantagens que o monitoramento de vias públicas com câmeras de vigilância pode oferecer às autoridades de segurança preocupadas com a redução dos índices de violência em centros urbanos.

No dia 14 de novembro, em Recife (PE), especialistas em segurança pública e em sistemas eletrônicos de segurança debatem a utilização de câmeras de vigilância em vias públicas para a contenção da criminalidade. O tema será discutido durante o I Seminário de Segurança Eletrônica (SES), promovido pela Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (ABESE). O evento acontece paralelamente à II FEISEC ? Feira de Tecnologia em Segurança Eletrônica, uma realização da ABESE, com organização do Grupo Cipa Feiras & Congressos, que acontece entre os dias 12 e 14 de novembro, no Centro de Convenções de Pernambuco, na capital.

Daniel Coelho, advogado especializado em segurança eletrônica e consultor da ABESE, iniciará a programação do Seminário de Segurança Eletrônica apresentando aos participantes as regulamentações existentes para utilização de câmeras de vigilância em vias públicas. Logo após, o analista de sistema e consultor do CCPA (Centro de Capacitação Profissional ABESE), Marcos Menezes fará uma apresentação das tecnologias utilizadas para o monitoramento urbano. Em sua apresentação, Menezes, além de apresentar as tecnologias mais utilizadas no monitoramento de câmeras, traz também cases de cidades de várias partes do mundo que conseguiram reduzir índices de violência com o monitoramento urbano.

Outras Tecnologias – O evento também trará as aplicações de outras tecnologias de segurança eletrônica, como alarmes monitorados e sistemas de controle de acessos de pessoas na prevenção de crimes, temática abordada pelo consultor Marcos Souza. Além disso, a presidente da ABESE, Selma Migliori, fará uma apresentação sobre conquistas importantes para o setor de sistemas eletrônicos de segurança. Entre elas, a criação do Selo Amarelo de Qualidade ABESE, a primeira certificação de qualidade elaborada especificamente para empresas do setor, que conta com a chancela da Fundação Carlos Vanzolini da USP; e também a criação do Projeto de Lei 1759/2007, a primeira regulamentação específica para o setor de sistemas eletrônicos de segurança, em tramitação no Congresso Nacional.

Origem: http://www.segs.com.br/index.cfm?fuseaction=ver&cod=61653

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários, de suas sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.