Axis: foco no Brasil, aposta no RS

A Axis Communications, empresa sueca fabricante de câmeras de
vigilância IP e soluções em vídeo para ambientes de rede, acaba de
instalar seu primeiro escritório na América do Sul.

Para tanto, escolheu o Brasil, especialmente devido à estabilidade econômica do país, que apresenta um cenário favorável para investimentos de corporações estrangeiras, conforme explica a vice-presidente global de Vendas, Bodil Sonesson.

Com o novo escritório, a multinacional reforça sua estratégia de crescimento em torno de 45% para 2008, sobre um faturamento de US$ 280 milhões de 2007, quando cresceu 39%. No Brasil, um dos mercados-foco será o Rio Grande do Sul, onde a companhia já tem negócios muito aquecidos.

"A Secretaria de Segurança Pública do Estado é um de nossos principais clientes no país. Temos hoje 250 câmeras instaladas no RS", conta Sonesson.

A equipe brasileira da Axis hoje formada por duas pessoas deverá em breve subir para sete, já que há cinco postos de contratação em aberto nas áreas comercial, de marketing e de suporte técnico. Tudo para admissão imediata e atuação em São Paulo. Até o fim deste ano, a idéia é contar com um time em torno de 12 pessoas.

Depois de consolidar a equipe por aqui, a Axis preparará sua expansão dentro de outros mercados sulamericanos. Em breve, um representante será alocado no Chile, outro na Venezuela e outro na Colômbia.

Os canais também receberão atenção: atualmente, são 250 revendas cadastradas no Brasil, sendo cerca de 60 ativas, número que a companhia espera aumentar em 40% em 2008.

"Para isso, focaremos nossas atividades de marketing em ações para o canal. Participação em feiras também está no nosso foco", revela a gerente de Vendas da Axis para América Latina, Alessandra Faria.

O escritório brasileiro da companhia, que atenderá a projetos de toda a América do Sul, vai atuar não somente no comercial, mas também em suporte, marketing e pós-venda.

No mercado, o cliente alvo será o governo em todas as suas instâncias – de ministérios e tribunais a órgãos de vigilância e segurança -, o grande varejo, hospitais e setor educacional. "Indústrias de grande porte também têm grande potencial de demanda para nossos produtos", finaliza Alessandra .

Desenvolvimento em parceria
Para crescer no Brasil, outra estratégia da Axis será fechar parcerias com desenvolvedoras de software locais. Atualmente, quatro brasileiras fornecem soluções para a companhia sueca, número que pode chegar a 12, informa Alessandra. Em todo o mundo, são 500 as parcerias na área.

O mercado de segurança no Brasil anima a Axis: conforme estimativas da empresa, este segmento, que em 2006 movimentou US$ 67,4 milhões no país, este ano deverá chegar a US$ 105,3 milhões. Para 2012, a expectativa é de vendas em torno de US$ 221,8 milhões.

De acordo com Bodil Sonesson, a taxa de crescimento da adoção de câmeras de segurança por IP no Brasil é de 40% ao ano. A Axis tem planos de expandir suas operações acima dessa média a partir da instalação do escritório local, informa a executiva.

A organização
No mundo, a Axis possui escritórios em 18 países, alianças com 14 mil parceiros, entre distribuidores, integradores de sistemas e via OEM, em 70 países. Os mercados fora da Suécia respondem por mais de 95% das vendas e mais de três milhões de câmeras já foram vendidas em todo o globo.

Origem: Baguete  Diário


Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.