Segurança no Transito e CFTV

Para garantir maior fluidez de tráfego, segurança e conforto aos
motoristas que viajam nesta época do ano, a Secretaria de Estado dos
Transportes realiza a Operação Inverno 2008, que
prossegue até 3 de agosto.

O trabalho será realizado em todo o estado, mas em especial na rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro (SP-123), que dá acesso a Campos do Jordão. A ação conta com o apoio do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo (DER), da Dersa Desenvolvimento Rodoviário S/A e do Comando de Policiamento Rodoviário da Polícia Militar. A operação também envolve as rodovias Monteiro Lobato (SP-50), Oswaldo Barbosa Guisardi (SP-46), estrada dos Tamoios (SP-99); Oswaldo Cruz (SP-125); Dom Paulo Rolim Loureiro (SP-98); Rio-Santos (SP-55); Raposo Tavares (SP-270); Ayrton Senna/Carvalho Pinto (SP-70) e D. Pedro I (SP-65).

A Operação mobiliza 1.832 profissionais em todo o estado, e mais de 4.000 policiais rodoviários. Serão disponibilizadas 142 viaturas de inspeção, entre guinchos, ambulâncias e veículos de apoio, prestando serviços de primeiros socorros e apoio ao tráfego.

Os usuários podem contar também com o atendimento do Disque DER/Dersa 08000-555510, os Centros de Controle Operacional (CCOs) das Unidades Básicas de Atendimento (UBAs), o SAU (Sistema de Atendimento ao Usuário) e o site www.der.sp.gov.br, onde imagens geradas pelas câmeras de CFTV estarão disponíveis com atualização a cada 20 segundos. Serão colocados painéis de mensagens variáveis fixos e móveis e faixas ao longo das rodovias; e folhetos serão distribuídos com informações de trânsito, alternativas de tráfego, melhores horários e orientação para uma viagem tranqüila e segura.

Bafômetros

A malha viária paulista conta, desde sexta-feira, com 62 novos bafômetros para fiscalizar o consumo de álcool dos motoristas. Os aparelhos foram adquiridos pelo DER e distribuídos a todo o estado. A fiscalização tem início junto com a Operação Inverno.

O motorista que for flagrado dirigindo sob a influência de álcool ou de qualquer substância entorpecente será penalizado com multa, retenção do veículo e suspensão do direito de dirigir. Além disso, vai responder criminalmente pela sua conduta e, dependendo das circunstâncias, com pena de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição para obter a permissão ou a habilitação para dirigir.

Origem: http://jornalcidade.uol.com.br

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.