Câmeras em Santa Cruz do Sul

Sistema de monitoramento vai se estender à periferia de Santa Cruz do Sul – RS   

 
CÂMERA para teste foi instalada em setembro na área central de Santa Cruz

Até a metade do ano deve sair do papel a instalação de
câmeras de segurança em Santa Cruz do Sul. A prefeita Kelly Moraes
pediu que a Diretoria de Assuntos de Segurança do município dê
prioridade ao projeto, que já se arrasta há mais de dois anos. A
proposta, no entanto, será reformulada, com a inclusão de novos pontos
para instalação dos equipamentos.

Inicialmente o projeto previa quatro câmeras: duas no Centro,
uma na Avenida do Imigrante e outra no Bairro Bom Jesus, próximo ao
cruzamento com a BR-471. Depois de analisar estatísticas da
criminalidade, o Executivo decidiu que o sistema deve se estender à
periferia, incluindo bairros onde o índice de ocorrências é elevado.

O diretor de Segurança, José Ipê da Silva, diz que a prefeita
determinou um estudo concreto e preciso sobre os pontos ideais para a
instalação. “Vamos começar a tratar disso com urgência. É uma
iniciativa que esse ano precisa ser implementada”, afirma. Segundo ele,
assim que for concluído o levantamento e mapeada a demanda, será
lançada a licitação buscando uma empresa para a aquisição ou aluguel
das câmeras – o que é o mais provável. A partir da adoção do
monitoramento, o controle deverá ser integrado, entre a Prefeitura e os
órgãos de policiamento.

TESTE

As autoridades já tiveram uma prévia de como irá funcionar o
sistema. Em setembro do ano passado a empresa Cindapa instalou uma
câmera de teste no Centro, na esquina das ruas Júlio de Castilhos e
Marechal Deodoro. As imagens eram transmitidas via rádio para a Brigada
Militar e Guarda Municipal.

Por meio de um joystick, os PMs e guardas podiam girar a
câmera em 360 graus, observando cenas a até 400 metros de distância. A
tecnologia permitia também a aproximação, possibilitando a visualização
do rosto de suspeitos e de placas de veículos. Como o período
estipulado para os testes acabou, o equipamento já foi retirado. Agora,
a continuidade depende do projeto da Prefeitura.

 

Origem: http://www.gazetadosul.com.br/

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.