CPTM adere ao padrão Gigabit Ethernet para o controle do tráfego ferroviário

A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPT) incorporou uma rede Gigabit Ethernet ao controle de tráfego ferroviário, para transmissão de dados e voz. O sistema, fornecido pela Alstom em parceria com a Tyco, permitirá a criação de uma rede de longa distância (WAN), integrando seus diversos sistemas no novo Centro de Controle Operacional (CCO) Unificado do Brás, previsto para entrar em operação este mês.

Trata-se de um moderno sistema de banda larga, interligado por cabos de fibra óptica, com capacidade para transferir informações de telecomunicações, sinalização, sonorização, rede informatizada e Circuito Fechado de TV (CFTV) a uma velocidade de 1 Gbps.

Os cabos de fibra óptica interligarão multiplexadores, switches e codificadores instalados no Brás, Luz, Presidente Altino, Barra Funda e demais pontos estratégicos. Dessa forma, a empresa terá uma espécie de “artéria principal” para o tráfego de dados e voz utilizados na melhoria da prestação de serviços.

O compartilhamento de transmissão pelo mesmo cabo de fibra óptica acontecerá em canais específicos – um para dados, um para voz e outro para sinalização. No caso das 769 câmeras do CFTV da CPTM, presentes em 83 estações comerciais, haverá um cabo exclusivo para a transferência de imagens.

A utilização de equipamentos para codificação e decodificação permitirá o tráfego dessas imagens. O mesmo cabo do circuito interno compartilhará a transmissão de som e avisos ao público nas estações, de maneira centralizada.

Fonte: TI Inside

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários, de suas sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.