16 câmeras serão instaladas no Paraná

As 16 câmeras de segurança que serão instaladas pelo Governo do Estado,
no Belvedére – inaugurado neste domingo (15) pelo governador Roberto
Requião – são dotadas de tecnologia necessária para proporcionar a
segurança da região. Catorze delas têm ângulo de 360º. Do total, três
já estão instaladas na estrutura externa do Belvedère e se somam com
mais duas que monitoram o interior da sede do Batalhão da Patrulha
Escolar Comunitária.

As 11 restantes serão colocadas em breve em diversos pontos estratégicos do Largo da Ordem e o monitoramento será feito nas instalações do edifício, por policiais militares. “É uma segurança que estava faltando para aquela área da cidade”, disse o governador.

Em dias úteis, os ‘olhos eletrônicos’ cuidarão da população que transita no Largo durante dia e noite. Nos finais de semana não será diferente. No entanto, o número de pessoas beneficiadas será muito maior devido a Feirinha do Largo da Ordem.

“São feirantes, turistas diversas regiões do Estado, do País e do mundo, a própria população de Curitiba e os moradores do Centro histórico”, explica o capitão José Carlos M. Graciano, sub-comandante da Bpec.

Para o presidente do Conselho de Segurança do Setor Histórico, Roberto Kaiser, o Largo da Ordem se torna um dos locais mais seguros da cidade.

“Fico muito feliz com a decisão do governador de monitorar a região, pois existia uma fama de que aqui era um dos piores lugares da cidade. Agora, o turista que vem à Feirinha do Largo da Ordem, aos museus, ou os freqüentadores dos bares, sabem que estão em um dos locais mais seguros da capital”, afirmou.

CÂMERAS – Com exceção das câmeras internas, as outras 14 serão padrão e do modelo Speed DomeCCD Color day/night. Isto significa que a filmagem é feita dia e noite, desde que tenha um mínimo de iluminação. A lente delas possui ajuste de cor automático (auto-íris). Além disso, o equipamento possibilita a aproximação de um objeto em até 27 vezes.

“Isto significa que é possível ver com nitidez a placa de um carro e até mesmo o botão de uma roupa que estejam a mais de duas quadras de distância”, explica capitão Graciano.

Isso ocorre também, de acordo com o capitão, por que as câmeras são dotadas de zoom óptico (aumenta o tamanho do objeto sem perder a nitidez), zoom digital (aumenta o tamanho com a possibilidade de pequena perda da legibilidade) e auto-foco (ajuste automático de foco).

“É importante ressaltar que o ajuste de ambos os zoons é feito de maneira automática conforme a localização e o tamanho do alvo e, por isso será sempre nítido independente da distância”, completa o capitão.


Origem: Bem Paraná


Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’
 

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.