Usina Termoelétrica em Fernando de Noronha implanta monitoramento IP

As câmeras da Axis Communications são gerenciadas pela internet, cuja integração é da S3-Security Solutions Systems.

A Usina de Tubarão da Celpe (Companhia Energética de Pernambuco) do
Grupo NeoEnergia modernizou seu sistema de vigilância CFTV, antes
analógico, com a instalação de 18 câmeras IP da Axis Communications. A
usina é responsável pela a geração de energia elétrica da Ilha de
Fernando de Noronha.

O projeto foi desenvolvido após um incêndio que destruiu as
instalações da Usina de Tubarão. O principal objetivo do projeto é
utilizar equipamentos desenvolvidos de forma a preservar o meio
ambiente, tendo em vista o Arquipélago de Fernando de Noronha ser
Patrimônio Mundial Natural da Unesco. A Usina Tubarão, por meio dos
seus quatro geradores, fornece toda a energia da ilha e hoje é
controlada pelo sistema de supervisão remota em Recife.

De acordo com a Axis, o antigo sistema de CFTV não estava
dimensionado adequadamente e utilizava câmeras analógicas. “O projeto
inicial tinha o objetivo de permitir o monitoramento da obra de
reconstrução da usina e, posteriormente, utilizar as câmeras para a
segurança patrimonial. A principal necessidade era encontrar um
equipamento com custo-benefício, que permitisse a transmissão dos
vídeos pela Internet. Hoje, as equipes da Celpe de Recife e do Rio de
Janeiro podem acompanhar remotamente a usina”, diz Reinaldo Salvador,
gerente do Departamento de Administração.

Toda instalação das câmeras Axis Communications, configuração do
software e treinamento dos usuários, tanto no módulo de administração,
quanto no módulo de monitoramento, foram realizados pela integradora
S3-Security Solutions Systems. A integradora também realizou a
consultoria para implantação de uma rede cabeada blindada, visto que a
área é suscetível a interferências eletromagnéticas, em razão ao grupo
de geradores ali instalados.

Compõe o sistema de Monitoramento IP 17 câmeras IP fixas e uma móvel
da Axis Communications, dos modelos AXIS 214, AXIS 221, AXIS 212, AXIS
216FD e AXIS 207, além de um módulo I/O COMMBOX, todos integrados ao
software Digifort Versão Professional. Com o uso câmera móvel, é
possível monitorar toda área externa da Usina Tubarão e controlar
remotamente todas as suas funcionalidades. As imagens ficam armazenadas
durante 30 dias, caso haja necessidade de consulta posterior.

Assim como o controle e supervisão da Usina Tubarão, todo Sistema de
Monitoramento IP é gerenciado remotamente e suas imagens podem ser
acessadas dentro da Intranet da CELPE, além de ficarem disponíveis na
rede do Grupo NeoEnergia. O sistema está integrado a alarmes com
sensores de presença que foram instalados na área administrativa. No
caso de alguma ocorrência, o sistema gera avisos automáticos que podem
ser recebidos no COI (Centro de Operação Integrada) e ainda podem ser
enviadas mensagens via SMS para um responsável local.

 

Origem: IPNews

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.