Belos jogos sem incidente ou acidente na Copa da África

As câmeras em rede da Axis garantem a segurança dos torcedores no espetacular Estádio de Mbombela. 

As câmeras em rede da Axis garantem a segurança dos torcedores no espetacular Estádio de Mbombela

“A Axis oferece uma solução de plataforma aberta, não proprietária, aum preço muito competitivo; A TVMS é uma organização de confiança, inovadora e capacitada tecnicamente – a combinação perfeita para um projeto deste porte.“ Dudley Watson, Watson Mattheus Consulting Engineers.

 

Missão

O Estádio de Recreação Multifuncional de Mbombela, construído na periferia de Nelspruit como um dos dez locais deeventos oficiais da Copa do Mundo FIFA 2010®, orgulha-se de possuir um desenho africano único. Com seus assentos com decoração zebrada, suportes das coberturas inspiradas nas girafas e proximidade ao altamente aclamado Parque Nacional Kruger, o estádio oferece aos visitantes uma idéia da beleza natural Sul-Africana dentro de uma instalação de classe mundial. Para atender aos padrões e regulamentos definidos pela FIFA, garantindo a proteção e segurança de todos os equipamentos do estádio, visitantes, equipes e fornecedores, o projeto eimplementação de um sistema de vigilância avançado tecnologicamente foinecessário.

Solução

À especialista em tecnologias de segurança TVMS foi proposta a instalação do CFTV durante a construção do estádio. “Apesar de termos enfrentados muitos desafios, desde alterações arquitetônicas até ajustes na especificação da proposta, fomos capazes de implementar um sistema de vigilância de vídeo por IP altamente bem-sucedido, utilizando as câmeras em rede de última geração da Axis, para oferecer efetiva segurança ao estádio”, ressalta Belinda Gouws, Diretor da TVMS.

Resultado

A importância da instalação foi evidente, mesmoantes do estádio ser comissionado – a gerência utilizou o sistema de vigilância para deter várias pessoas responsáveis por roubos de fornecedores conforme a construção chegava ao final. Durante um evento antes da Copa do Mundo, as câmeras em rede foram utilizadas para evitar uma fuga em massa nos portões, quando as catracas não funcionaram. Durante os eventos da Copa do Mundo, fãs desordeiros foram identificados, fotografados e monitorados pela polícia. 
 
 
 
Engº Marcelo Peres
mpperes@guiadocftv.com.br
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:
‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.