São Paulo terá 4.000 câmeras de monitoramento até a Copa de 2014

Projeto deve receber investimento de quase R$ 20 milhões por parte do governo estadual.

O Estado de São Paulo deve receber cerca de 4.000 câmeras de monitoramento em até quatro anos por ser uma das sedes da Copa do Mundo de 2014. O anúncio foi feito pelo comandante-geral da Polícia Militar, coronel Álvaro Batista Camilo, na última quarta-feira (30/03), e o investimento será de quase R$ 20 milhões por parte do Governo Estadual.

Atualmente são 338, instaladas na capital, em Campos do Jordão e Aparecida do Norte. O secretário da Segurança Pública, Antonio Ferreira Pinto, adiantou que a próxima cidade a receber o sistema de videomonitoramento da Polícia Militar será o município de Bauru. Na capital, as câmeras estão espalhadas por 272 pontos diferentes, como o centro da cidade, locais próximos aos estádios de futebol e eventos, além de bairros da periferia.

O sistema conta com uma central de monitoramento no Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), onde trabalham 60 policiais, 24 horas por dia, em três turnos de revezamento. De acordo com o secretário, a central permite que, na possibilidade que aconteça um crime, os operadores das câmeras identifiquem o local da ocorrência e despachem viaturas por via digital. 
 
Foto: R7 
 
 
 
Engº Marcelo Peres
mpperes@guiadocftv.com.br
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?


Importante:
‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’ 

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.