Realizada na PUCRS primeira transmissão de TV Digital com tecnologia totalmente brasileira

A Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
(PUCRS) realizou na manhã desta quinta-feira, dia 5 de junho, a
primeira transmissão de TV Digital com tecnologia 100% nacional
desenvolvida pela própria Universidade. O ato, realizado no saguão da
Faculdade de Engenharia (Feng), foi considerado histórico pelo Reitor
Joaquim Clotet.

 

"Porto Alegre, Campus da PUCRS, saguão da Faculdade de
Engenharia, 9h do dia 5 de junho de 2008: somos as primeiras
testemunhas de um momento histórico", disse Clotet, complementando:
"Além de constituir a primeira transmissão de TV Digital com tecnologia
nacional desenvolvida na Universidade, também constitui uma resposta
acadêmica ao permanente desafio de integração com o mercado e com o
Estado". O Reitor disse ainda que o caráter empreendedor da PUCRS deve
estar sempre a serviço do progresso do País.

A transmissão constou de um pronunciamento gravado de
Clotet, registrando o pioneirismo da PUCRS na sua parceria com a
empresa RF Telecomunicações, com o Centro de Excelência em Tecnologia
Eletrônica Avançada (Ceitec) e sob financiamento do Banco Nacional de
Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), seguido de diversas outras
gravações evidenciando as potencialidades do sistema digital.

Além da professora Cristina Castro, diretora da Feng, que
explicou as especificações do projeto desenvolvido pela PUCRS, também o
Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, Jorge Audy, manifestou-se na
cerimônia. "Este projeto identifica o compromisso da Universidade com a
inovação, a qualidade, o empreendedorismo e a interação com a
sociedade", afirmou.

Clotet, Audy e Cristina ressaltaram ainda o papel do
Pró-Reitor de Administração e Finanças da PUCRS, Paulo Franco, no
sucesso do empreendimento – ele é Professor da Faculdade de Engenharia,
tendo sido orientador da própria diretora e do coordenador do Centro de
Pesquisa em Tecnologia Wireless (CPTW), Professor Fernando De Castro.

Para a transmissão indoor, com alcance restrito ao
saguão do prédio 30, no Campus Central da PUCRS, foi utilizado
equipamento de experimental e dois receptores comerciais de TV Digital
em alta definição. O modulador digital, que é o "coração" da camada
física do sistema de transmissão, foi concebido e desenvolvido pela
equipe do CPTW, da Faculdade de Engenharia. O projeto permitirá o
barateamento dos transmissores, contribuindo para que a TV Digital
atinja mais rapidamente um maior número de localidades no território
nacional.

O CPTW tem parceria com a empresa RF Telecomunicações,
responsável pela industrialização do transmissor, e com o Ceitec, que
implementará o chip a partir do código VHDL desenvolvido pela
PUCRS para os três sistemas de modulação digital (ISDB-T japonês,
adotado para o Sistema Brasileiro, DVB-T europeu e ATSC americano).
Este é o primeiro chip para TV Digital desenvolvido no Brasil e
o mais complexo feito no País até hoje. Também é o primeiro e único
modulador totalmente nacional capaz de atender a todas as configurações
de transmissão especificadas na norma brasileira ABNT NBR 15601.

 

Origem: PUCRS

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.