Câmera pode ajudar a identificar assassino de pró-reitora da UFPR

Professora teria reagido a assalto e foi morta na sexta-feira, em Curitiba.
Polícia espera ouvir mais depoimentos e verificar imagens de câmeras de segurança.

Imagens gravadas por uma câmera de segurança podem ajudar na identificação dos assassinos da professora Maria Benigna de Oliveira, pró-reitora da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ela foi morta na sexta-feira (7), em Curitiba.

A gravação feita na rua onde a professora morava mostra, primeiro, que Maria Benigna estacionou o carro em frente à casa dela. Em seguida, passam duas pessoas de moto. Segundo a polícia, eles podem ser responsáveis pelo crime.

A pró-reitora havia retirado cerca de R$ 4 mil de um banco para pagar trabalhadores que reformavam sua casa. Ela provavelmente foi seguida por criminosos, mas não reparou e deixou o portão aberto, facilitando a ação.

Ainda de acordo com a polícia, a vítima teria reagido ao assalto e foi baleada. Os ladrões fugiram sem levar nada.

Os policiais esperam ouvir mais depoimentos e colher imagens de outras câmeras.

Origem: Globo G1

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários, de suas sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.