Bahia adota monitoramento via câmaras para combater à violência pública

Primeira
cidade beneficiada pela estratégia foi Feira de Santana, no interior do
Estado. Com alcance de leitura de 300 metros e capazes de aproximar as
imagens em até 12 vezes, 11 câmaras eletrônicas monitoram o centro
financeiro e comercial do município, desde o último dia 11 de julho. 

A iniciativa é resultado de um convênio firmado entre a Secretaria
Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti) e a Secretaria de
Segurança Pública (SSP). Inicialmente, a Secti liberou R$ 250 mil para
a instalação dos equipamentos fixos conectados a cabo. Em um segundo
momento, repassou outros R$ 100 mil para a instalação de câmaras móveis
via rádio, que poderão ser deslocadas para a segurança de grandes
eventos na cidade.

Segundo Ildes Ferreira, secretário estadual de Ciência, Tecnologia e
Inovação, "esta ação é uma mostra de que a tecnologia está presente em
todos os setores da sociedade, inclusive no setor de segurança pública,
garantindo uma melhor eficiência na vigilância da cidade".

As 11 câmaras instaladas no centro de Feira de Santana vão auxiliar
a combater e coibir crimes como furtos e roubos praticados por menores,
assaltos e até a popular ‘saidinha bancária’, além de seqüestros
relâmpagos no centro da cidade.

O uso do monitoramento ostensivo via câmaras permitira ainda o
deslocamento de boa de parte das viaturas policiais,
atualmente dedicadas para o controle do centro da cidade, para a
periferia. O centro comercial terá atuação vigia feita por policiais em
motocicletas e por duplas de soldados.

O coronel da Polícia Militar, Cláudio Brandão, observa que a
utilização da tecnologia é fato decisivo na área de segurança pública.
Ele informou  ainda que, em 90 dias, deverão ser instaladas câmeras
também em Lauro de Freiras, na Região Metropolitana do Salvador e já
foram iniciados estudos para a implantação de quatro equipamentos em
Conceição do Coité, na região sisaleira da Bahia.

*Com informações da Assessoria do Governo da Bahia

Origem: Convergência Digital

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.