Mais de 50 túmulos são violados em cemitério no interior de SP

A ocorrência foi na madrugada do sábado (11) em Bauru. Polícia acredita que ação partiu de grupo que faz rituais em cemitérios.

O cemitério da Saudade, um dos maiores de Bauru, cidade a 329 quilômetros de São Paulo, teve 57 túmulos violados na madrugada do sábado (11). As pessoas que invadiram o local abriram caixões, espalharam ossos, quebraram vasos e adereços das lápides.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), foram levadas mandíbulas de alguns corpos. Os investigadores suspeitam que a ação foi feita por um grupo que tem como ritual se reunir em cemitérios.

As famílias proprietárias dos túmulos estão sendo avisadas pela Empresa Municipal de Desenvolvimento Urbano e Rural (Emdurb), que já providenciou o conserto do que foi danificado. 

É a terceira vez, em três meses, que o cemitério é alvo de criminosos. Em abril, 32 túmulos foram violados, e em junho, 13. A empresa de desenvolvimento urbano abriu licitação para a instalação de câmeras de segurança no local. Os equipamentos terão capacidade para captar imagens no escuro. 

Não há prazo estabelecido para a compra dos equipamentos. Após a ação dos vândalos, a Polícia Militar intensificou as rondas no entorno do cemitério.

Fonte: G1

 

Origem:

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.