São Paulo terá 40 câmeras contra pirataria

A
Guarda Civil Metropolitana (GCM) aposta na tecnologia para aumentar a
fiscalização sobre o comércio de produtos piratas na capital.

Até
o fim do ano, a Prefeitura pretende comprar 40 câmeras inteligentes
móveis, que serão instaladas em viaturas e motos. Os equipamentos podem
ser programados para procurar alvos específicos, como um caminhão que
tenha o símbolo de determinada empresa, por exemplo.
Essas câmeras poderão ajudar a GCM a descobrir as rotas usadas pelos
grupos que controlam a pirataria em São Paulo e a encontrar fábricas e
galpões onde as mercadorias são produzidas e armazenadas. O projeto
prevê que as imagens gravadas por esses equipamentos sejam
compartilhadas com a Receita Federal e as polícias Civil e Federal, que
já investigam a atuação de quadrilhas especializadas no comércio ilegal
na cidade.

Segundo
o secretário municipal de Segurança Urbana, Edsom Ortega.
“A câmera OCR registra os caracteres que você definir. Vamos supor que
você esteja procurando um caminhão vermelho com a inscrição ‘mudanças
Santa Terezinha’. Quando esse veículo passar no local onde a câmera está
filmando, ela vai emitir um alarme na central e, em um minuto, a guarda
pode montar um bloqueio”, afirma o secretário.

 

origem:http://www.abese.org.br/clipping06-08-2012/#f6


Sirlei Madruga de
Oliveira

sirlei@guiadocftv.com.br

Editora do Guia do
CFTV


Avalie
esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma
informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos
os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das
fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer
responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que
é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte
redatora.’ 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.