Startup lança drone militar com IA no estilo ‘canivete suíço’

Startup lança drone militar com IA no estilo ‘canivete suíço’

Equipamento também poderá transportar armas e outras cargas úteis para guerra; é possível que objeto seja usado pelo Pentágono

A Anduril, startup de tecnologia militar, anunciou um novo produto, o drone Ghost 4. O equipamento vai ajudar, por meio da IA, a identificar soldados e outras armas em campo de batalha. O aparato ainda tem capacidade de transportar cargas como sistemas para interferência em comunicações inimigas ou laser infravermelho. A nova ferramenta possibilita mais eficiência e agilidade em situações de guerra.

O drone não segue o padrão de design convencional, mas trata-se de um modelo totalmente inovador. Isto porque Ghost 4 faz lembrar um pequeno helicóptero. A invenção possui cerca de 2 metros de cumprimento e pode voar até 100 minutos com apenas uma carga. É possível controlar o equipamento de forma remota ou ainda acionar o “piloto automático”.

O equipamento também pode atuar em conjunto com outros drones do seu tipo, permitindo que um enxame de Ghosts 4 auxilie na defesa de um grupo e ataque a outro. De qualquer forma, o dispositivo ainda usa um software considerado convencional, o Lattice.

Ghost é prático até na hora de ser transportado. Apesar do tamanho, o instrumento é dobrável para caber em uma mochila. Vale ainda destacar que o drone foi projetado para suportar condições adversas de ambiente como água do mar e areia.

“Canivete suíço”

O desenvolvedor da tecnologia, Palmer Luckey, dono da Anduril, definiu o Ghost como “um canivete suíço que pode fazer tudo”. Ele ainda revela que em um futuro próximo, o equipamento poderá transportar seus próprios sistemas de armas. “Seria possível”, afirmou. Luckey também inventou o Oculus Rift, de realidade virtual.

O fundador acredita que sem tecnologia de inteligência artificial, os Estados Unidos correm grande risco de ficar atrás de países como Rússia e China na guerra bélica. “Não acho que podemos vencer uma corrida armamentista de IA pensando que isso não vai acontecer”, esclareceu Luckey.

Nesta mesma linha, a empresa tem desenvolvido uma plataforma de inteligência artificial que será utilizada pelo governo americano para monitorar atividades na fronteira com o México.

Cabe lembrar ainda que o alvo de vendas da empresa é o Pentágono, que inclusive já se mostrou interessado em investir em equipamentos do tipo.

origem: Portal da Segurança

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

sirlei@guiadocftv.com.br

 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

 

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.