CES 2021: novos monitores trazem HDMI 2.1

CES 2021: novos monitores trazem HDMI 2.1; entenda essa nova tecnologia

Telas são sempre uma das partes mais importantes da CES, e em 2021, a feira concretizou uma tendência: o HDMI 2.1 deve se tornar o padrão para monitores ao longo do ano, proporcionando uma série de benefícios ao público mais exigente, incluindo jogadores e profissionais.

Fabricantes de monitores dedicaram bastante tempo para apresentar monitores compatíveis com a nova tecnologia. LG, o destaque vai para o 27GP950, um modelo gamer com suporte a até 160 Hz de taxa de atualização com resolução;
Acer apresentou o Nitro XV28, de 28 polegadas, também com 4K e 144 Hz de taxa de atualização.
Asus também não ficou para trás com o PG32UQ, também com suporte a 4K e 144 Hz no painel de 32 polegadas.

O que todos esses produtos têm em comum é o HDMI 2.1, tecnologia que deve se tornar cada vez mais dominante nos painéis de alto desempenho, especialmente com as novas gerações de placas de vídeo e de consoles de videogame. Mas o que esse novo padrão pode oferecer?

Sem limites

A uma primeira olhada, o HDMI 2.1 não é diferente do conector que você já tem no seu monitor antigo.

O que o novo HDMI faz é ampliar uma série de limites na tecnologia, permitindo um volume de dados muito maior transferido entre a fonte do conteúdo (como seu computador ou console) e a tela. Na prática, isso abre possibilidade para maior riqueza de cores, maiores taxas de atualizações e resoluções. Ou seja: tudo é melhor.

PG32UQ

PG32UQ da Asus é o primeiro a reforçar o HDMI 2.1. Foto: Divulgação/Asus

Pelo padrão atual, o HDMI 2.0, a largura de banda é de 18 gigabits por segundo. É o suficiente para imagens 4K e 60 quadros por segundo sem compressão, com 8 bits de cores, o que era bastante quando o padrão foi estabelecido, lá em 2013.

Com essas especificações se tornando cada vez mais próximos do usuário comum, a indústria precisou criar novos padrões para ter mais espaço para manobra e avanços tecnológicos. Essas definições foram feitas em 2017, e só agora começam a impactar o mercado.

E é aí que entra o HDMI 2.1, que praticamente triplica a largura de banda, proporcionando um volume de dados muito maior, que se traduz em maior qualidade de imagem. O padrão abre as portas para resoluções 8K e 60 quadros por segundo sem qualquer tipo de compressão, com até 12 bits de cores.

Quando se utiliza a tecnologia de compressão, os limites do HDMI 2.1 ficam ainda mais folgados. O padrão viabilizaria a exibição de imagens em 10K com taxas de atualização de 120 Hz com 12 bits de cores.

origem: https://olhardigital.com.br/2021/01/14/consumer-electronics-show-2021/ces-2021-novos-monitores-trazem-hdmi-2-1-entenda-essa-nova-tecnologia/

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

sirlei@guiadocftv.com.br

 

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.