Como o Metaverso irá impactar o consumo de energia?

Escutar o áudio deste artigo

O Metaverso e o Consumo Energético são dois temas interessantes que têm chamado a atenção recentemente em diversos debates. Embora pareçam ser assuntos desconectados, o processo de transformação por trás deles guarda semelhanças entre si, uma vez que estamos experimentando mudanças nas interações sociais e no uso da energia nos últimos anos.

O conceito de Metaverso ainda não cabe em uma definição exata. Há quem diga que é uma união de diversas tecnologias como a realidade aumentada e virtual, inteligência artificial, entre outras, que fará com que a comunicação, o lazer e os negócios ocorram de maneira imersiva, misturando o mundo virtual ao físico, independente e acessível por meio de qualquer tipo de dispositivo.

Apesar de ainda estar em seu estágio inicial, o potencial do Metaverso é enorme e algumas empresas já estão se posicionando para se fazer presente nessa nova tendência, com grandes possibilidades de negócios. Isso porque, de acordo com a Bloomberg Intelligence, a estimativa é que esse novo mercado deve chegar a US$ 800 bilhões (R$ 4,5 trilhões) em 2024. Já o Gartner prevê que até 2026, 25% das pessoas passarão pelo menos uma hora por dia no Metaverso para trabalho, compras, educação, social e/ou entretenimento.

Mas, há uma série de investimentos necessários para que o Metaverso possa atingir todo o potencial vislumbrado. Para suportar o uso massivo dessa plataforma por empresas e usuários, será necessária uma enorme infraestrutura de rede, capaz de prover toda a capacidade computacional de storage e de largura de banda necessárias para tornar tudo isso realidade. Com toda a inovação que o Metaverso representa, mais tecnologias serão integradas ao mundo físico ao nosso redor, muitas dos quais serão conectadas em tempo real a um mundo virtual que pode interagir de volta.

Como consequência, haverá ainda mais necessidade de proteger redes e dispositivos contra possíveis interferências e suportar a crescente demanda por serviços essenciais, como é o caso da energia elétrica. E uma das formas de controlar o consumo de energia está na modernização da rede, pois sabemos que a rede elétrica no Brasil é instável, sujeita a apagões e blecautes. Só em 2021, vale lembrar, testemunhamos ocorrências de quedas de energia em diversos estados, em virtude da falta de chuvas e da crise hídrica.

Por isso, a partir deste cenário, a busca por soluções de proteção de energia vem crescendo. A chegada do Metaverso deve revolucionar ainda mais os sistemas integrados e a forma de se comunicar pelo mundo. Os sistemas integrados disponíveis e diversos serviços e plataformas, exigem redes e equipamentos com respostas cada vez mais rápidas e eficazes pois estão conectados o tempo todo.

Estamos cercados de máquinas, processos e dispositivos que podem beneficiar-se do Metaverso. Sem dúvidas, esta será uma tecnologia transformadora, possibilitando novos serviços e exigindo recursos para o gerenciamento avançado de toda a infraestrutura, além de outros desafios, como é o caso do consumo de energia.

origem: Como o Metaverso irá impactar o consumo de energia? (linkedin.com)

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

 sirlei@guiadocftv.com.br

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante: ‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Quer enviar suas notícias? Envie um e-mail para noticias@guiadocftv.com.br

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.