Sinop poderá ter câmeras de segurança no perímetro urbano

A Prefeitura deu mais um importante passo em relação à questão de segurança pública do Município de Sinop. Mesmo sabedor que a questão de segurança é dever dos Governos do Estado e da União, ainda assim, a Prefeitura promoveu, ontem, quinta-feira, 06, uma reunião com representantes de classe para discutir a implantação de câmeras de segurança no perímetro urbano da Cidade.

Uma consultoria especializada nesse tipo de serviço (videomonitoramento) foi convidada para explanar sobre as vantagens e custos da implantação desse benefício para o Município de Sinop.

A intenção, segundo o secretário de Governo, Helder Umburanas, que presidiu a reunião representando o prefeito Nilson Leitão (em viagem à Brasília para trazer novos recursos para Sinop) é instalar câmeras na região central, nas áreas de adjacências e nas principais vias de entrada e saída da Cidade. Para isso, todo um estudo de logística já foi feito pela Polícia Militar (PM) e Poder Público Executivo.

No entanto, Umburanas lembrou que é necessário a participação e o apoio das principais entidades do Município na condição de lideranças, multiplicadores e apoiadores. Por isso, após ouvir todas as explanações da consultoria técnica que se dispõe à implantação do videomonitoramento em Sinop, os representantes ficaram de voltar com algo concreto e efetivo para a contratação do serviço.

Mais algumas etapas para a conquista desse benefício ainda precisam ser cumpridas, principalmente em relação aos custos de sua implantação. O custo é relativamente alto e, por isso, a Prefeitura quer um aporte das entidades e instituições para conseguir chegar a um denominador comum.

Após batido o martelo sobre essa questão financeira, uma comissão será formada para visitar cidades que já fazem uso do serviço, como Praia Grande e outras muitas que foram apresentadas no dia. Em Sinop, a pretensão é um perímetro compreendido entre a Avenida dos Tarumãs à Avenida das Palmeiras. Também está previsto alguns bairros e as principais estradas e saídas do Município. A todo, serão cerca de 16 à 19 câmeras espalhadas pela Cidade.

Para a eficiência desse serviço, também será necessário montar um central de monitoramento e fornecer treinamento aos operadores do sistema. Com base em informações coletadas anteriormente, foi desenvolvido um projeto específico, denominado “Sinop, segurança para todos”.

Muitas perguntas foram feitas, como por exemplo, o alcance óptico da câmera, a capacidade de identificação visual e a eficiência do serviço. Participaram da reunião representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), Associação Comercial e Empresarial de Sinop (ACES), Maçonaria, Conselho de Desenvolvimento do Norte de Mato Grosso (Codenorte), Policia Militar (PM), Conselho Municipal de Segurança de Sinop, técnicos, empresários e a imprensa local.

Origem: http://www.diariodanoticia.com.br/not1.php?act=14&id=1234

Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários, de suas sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.