Monitoramento eletrônico de presos deve ser testado em março

Medida pretende desafogar cadeias superlotadas; cerca de 15 detentos usarão sistema experimental.

Porto Alegre – O sistema de monitoramento eletrônicos de presos
no Rio Grande do Sul deve ser testado em março. A afirmação é do
Governo do Estado, garantindo que a medida poderá abrir vagas para
presos mais perigosos e aliviar cadeias superlotadas.

Neste sábado foi divulgado que cerca de 15 presos do regime semiaberto
usarão tornozeleiras que irão monitorá-los a partir de março, informou
a Rádio Gaúcha.

A superintendente em exercício dos Serviços Penitenciários, Mônica da
Silva enfatizou à Rádio Gaúcha, que o objetivo é fazer ajustes conforme
a realidade prisional, como por exemplo o alcance dos equipamentos.
Além disso, a Susepe aposta que a parceria com uma empresa de São Paulo
será fechada.

 

Origem: http://www.diariodecanoas.com.br/

 
Marcelo Peres
Editor do Guia do CFTV

Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Escreva para mim:
mpperes@guiadocftv.com.br

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas,
jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão.
Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.