Cidades investem em monitoramento por câmeras para combater crimes

Escutar o áudio deste artigo

Equipamentos estão espalhados pelos principais pontos da cidade.
Cidades como Itu e Piedade optaram pela instalação de câmeras.

 A cidade de Itu (SP) tem investido no videomonitoramento em pontos estratégicos para tentar combater o crime. Por trás dos olhos eletrônicos, são os olhos humanos que monitoram a movimentação. Os guardas municipais estão de olho 24 horas por dia nas câmeras instaladas em 41 pontos da cidade. O sistema passou a funcionar no início do ano passado e já ajudou a prevenir e esclarecer muitos crimes.

Em uma madrugada, um suspeito furta adornos de cobre da calçada, no centro da cidade. Mas ele não ficou impune. Foi preso e conduzido para a delegacia. Jovens fumam maconha em uma esquina quando são interrompidos por uma equipe da guarda municipal.

As lentes da câmeras também flagram acidentes. Um casal de idosos, por exemplo, atravessa a rua. O caminhão freia, mas a moto vem no embalo. Para não acertar o casal, o motociclista tenta desviar e cai. Em outra situação, as imagens mostram um carro que faz uma conversão errada e atinge o motociclista.

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado, no primeiro trimestre do ano passado foram registrados 551 furtos. No mesmo período desse ano, o número de furtos caiu para 498. “Você quando tem esse sistema, essa ferramenta tecnológica, você reduz o número de policiais de guardas municipais, porque no nosso caso nós temos 41 câmeras. E nós temos uma central de vídeo onde nós trabalhamos em turno com dois guardas. Ou seja, são 41 olhares que estão sendo vistos na cidade com dois guardas”, completa o Secretário de Segurança Pública de Itu, Marco Antônio Augusto.

A instalação das câmeras foi uma parceria entre o Ministério da Justiça e a prefeitura. Foram R$ 582 mil do Governo Federal e R$ 110 mil do município. Os equipamentos estão espalhados pelos principais pontos da cidade. Em breve a prefeitura deve aumentar o número de câmeras: mais 19 devem ser instaladas. Para o secretário de segurança pública, o sistema ajudou a diminuir a criminalidade.

Piedade
Em Piedade (SP), o sistema de monitoramento por câmeras foi totalmente atualizado. São 66 equipamentos espalhados pela cidade. Seis deles giram em 360 graus. As imagens são gravadas e ficam disponíveis por 180 dias. O investimento foi de 196 mil reais. As câmeras também estão nas viaturas da guarda municipal.

“Isso facilita para você acompanhar o deslocamento da viatura e até ter o conhecimento do local da ocorrência.”, esclarece o comandante da Guarda Municipal, Júlio César Dias Vieira.

As câmeras já começaram a ajudar no combate a crimes. Em um dos casos, dois homens entram em um táxi. Mas eles não são passageiros e, sim, assaltantes. As imagens já estão com a Polícia Civil, que investiga o caso. Os ladrões levaram 140 reais do taxista. O taxista Nelson Fanti acredita que, com as câmeras, está mais seguro. “Elas devem ser usadas para um trabalho de investigação e inteligência. E de mapeamento, para evitar futuros casos”, finaliza o taxista Nelson Fanti.

origem: http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2016/05/cidades-investem-em-monitoramento-por-cameras-para-combater-crimes.html

Sirlei Madruga de Oliveira

Editora do Guia do CFTV

sirlei@guiadocftv.com.br
Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’

Sirlei Madruga

Sirlei Maria Guia do CFTV

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.