Migração consolidada

Segunda edição do IP Convention reuniu alguns players do mercado de videosegurança e mostra, através de palestras e workshops, que o mercado de segurança IP está em plena expansão e ainda tem muito para crescer. 

 

 

 

Entre os dias 21 e 22 de outubro, a Aspseg e a TecVoz promoveram, na cidade de Brusque, em Santa Catarina, a segunda edição do IP Convention. Um evento, que teve como objetivo levar informações sobre novas tecnologias sobre IP e reuniu importantes nomes do mercado de videosegurança para trocar experiências e promover as novidades do setor.

O encontro começou com os treinamentos, certificações e workshops. Os participantes receberam, por exemplo, certificados Scaiip, um sistema de controle de acesso e integração IP

Além delas, um grupo teve certificação Infinity, um painel e alarme com IP incorporado a uma interface GPRS. Durante o evento, os participantes também puderam obter a certificação da linha MIMO, específica em rádios para transmissão IP para tráfego de mais de 150 megabits a longa distância e no segmento de CFTV

O público que participou do evento era formado por integradores que puderam assistir palestras e workshops com profissionais das empresas participantes. Segundo Paulo Yoon, diretor comercial da TecVoz, essa a escolha dos profissionais que participaram como palestrantes foi feita entre as empresas que já são parceiras da Tecvoz há alguns anos. “As empresas são parceiras que acompanham o trabalho da Tecvoz. São pessoas que nos acompanham há muito tempo, altamente gabaritadas e nas quais nós confiamos muito”, elogia.

Sandro Schimitt, da Aspseg e um dos idealizadores do evento, reforçou a opinião de Paulo. “Para nós foi um grande desafio conseguir trazer empresas de porte, com seus gerentes comerciais e técnicos que engrandeceram ainda mais o nosso encontro com muito conhecimento. Estamos surpresos e felizes com a adesão de tantas pessoas. Acreditamos que as pessoas vão se lembrar que nós fizemos parte dessa história”.

Segundo ele, a nova edição teve maior expressão e contou com uma participação maior do público. “Eu atribuo isso ao momento econômico e também ao fato da tecnologia IP estar no centro das discussões quando se fala em segurança”, avalia.

Migração definitiva
Para Yoon, o grande responsável pelo sucesso do evento é o movimento de migração das empresas, que hoje buscam se atualizar, trocando os equipamentos de vídeo segurança analógicos para modelos IP. “O segmento de IP como uma das partes da integração de sistemas é um mercado enorme que está se abrindo. Não é apenas a tecnologia que está evoluindo; mas os preços também estão ficando mais acessíveis ao público. A receita para vender no Brasil é ter produto de qualidade, tecnologia e preço competitivo”, enfatiza.

Os eventos esportivos dos próximos anos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas, em 2016, também são alguns dos grandes responsáveis pela crescente busca por equipamentos de segurança IP no Brasil. “A evolução dos equipamentos é algo inegável e até esses eventos acontecerem, muita coisa interessante em termos de tecnologia vai surgir. Nós temos plena convicção de que o mercado de segurança baseada em IP vai crescer muito até lá. A migração que está acontecendo do analógico para o digital é um movimento que não tem mais volta. As pessoas estão buscando cada vez mais se adaptar a essas novas tecnologias”. 

Atualização é palavra de ordem
Mario Montenegro, da Newello, avalia que a grande participação do público em eventos como esse é a busca constante por informação. “Nós participamos no ano passado também e o que eu percebo é que as pessoas chegam aqui ávidas por novas informações. E esse foi o nosso objetivo principal: trazer as novas tendências e as melhores práticas para o mercado de segurança”, explica.

O evento procurou mostrar diversos segmentos que utilizam a tecnologia IP para melhorar a o desempenho de seus equipamentos de segurança. Dessa forma, participaram do encontro empresas ligadas a CFTV, controle de acesso, alarme e automação. “Com as palestras nós procuramos mostrar ao público algumas maneiras de se fazer essa convergência para uma infraestrutura única. Esse era o nosso objetivo e acho que nós conseguimos alcançá-lo”, avalia.

Durante a semana, os participantes puderam conferir de perto a apresentação das tecnologias e o funcionamento dos produtos. Além disso, eles participaram de oficinas onde foram feitas os treinamentos e as certificações. “Nós oferecemos a possibilidade dos participantes verem de perto as tecnologias e treinar com o equipamento dentro da sala de aula. Além disso, tivemos a presença de várias empresas, que aproveitaram o evento para fazer a certificação de seus funcionários em outras áreas”, explicou. 

Segundo Montenegro, uma das maneiras mais eficazes de se apresentar o produto é através desses workshops, que unem a teoria e a prática. “Houve muitos pedidos para que os workshops ocupassem mais espaço na programação e acontecessem em outros dias. 

O futuro do IP Convention é seguir um caminho de sucesso crescente, segundo avalia Montenegro. “Nós brincamos aqui, dizendo que no próximo ano já poderemos fazer um exposição regional, já que a tendência é crescer cada vez mais. Isso acaba gerando uma agenda, em que os profissionais do setor se comprometem a estar aqui nesse período do ano. Isso é bom para o mercado e para a região”, diz.

 

Origem: http://www.revistaip.com.br/

 

Engº Marcelo Peres

mpperes@guiadocftv.com.br

Editor do Guia do CFTV


Avalie esta notícia, mande seus comentários e sugestões. Encontrou alguma informação incorreta ou algum erro no texto?

Importante:

‘Todos os Conteúdos divulgados decorrem de informações provenientes das fontes aqui indicadas, jamais caberá ao Guia do CFTV qualquer responsabilidade pelo seu conteúdo, veracidade e exatidão. Tudo que é divulgado é de exclusiva responsabilidade do autor e ou fonte redatora.’  

Eng° Marcelo Peres

Eng° Eletricista Enfase em Eletrônica e TI, Técnico em Eletrônica, Consultor de Tecnologia, Projetista, Supervisor Técnico, Instrutor e Palestrante de Sistemas de Segurança, Segurança, TI, Sem Fio, Usuário Linux.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.